domingo, 20 de agosto de 2017

NEYMAR FAZ DOIS GOLS, DÁ ASSISTÊNCIAS, E PARIS SAINT-GERMAIN ATROPELA O TOULOUSE

A estreia de Neymar pelo Paris Saint-Germain no Parc des Princes não poderia ter sido melhor. Neste domingo, o craque deitou e rolou em campo, fez dois gols, deu duas assistências, aplicou vários dribles nos adversários e foi o nome da goleada por 6 a 2 sobre o Toulouse, pela segunda rodada do Campeonato Francês. Rabiot, Pastore e Kurzawa fizeram os outros gols do time da capital, enquanto Gradel e Thiago Silva, contra, descontaram para a equipe visitante. 

PRIMEIRO TEMPO

O Paris Saint-Germain teve domínio total do jogo no primeiro tempo. O time tocou a bola fácil, buscou os espaços na retranca do Toulouse e ficou perto de abrir o placar várias vezes. Mas na primeira chegada do Toulouse pela direita, Adou fez bela jogada individual e cruzou para Gradel, livre, pegar de primeira e abrir o placar. Susto no Parc des Princes, que logo foi superado por Neymar. O craque deu belo toque para Rabiot, que chutou cruzado para a defesa parcial de Lafont. No rebote, Neymar empurrou para a rede. Em dia inspirado, o brasileiro deu assistência para Rabiot chutar de fora da área e virar a partida.





SEM CR7, REAL PASSEIA NO RIAZOR, VENCE LA CORUÑA E INICIA BEM O CAMINHO PELO BI

PASSEIO MERENGUE

Quem precisa de Cristiano Ronaldo? Ao menos neste domingo, na estreia do Campeonato Espanhol, o Real Madrid mostrou que o português não fez falta. Com grande jogo coletivo e sem dificuldades, a equipe de Zinedine Zidane venceu o Deportivo La Coruña por 3 a 0, no Riazor, e iniciou bem a caminhada rumo ao bicampeonato seguido do torneio. Bale, Casemiro e Kroos marcaram os gols do Real, que teve Sergio Ramos expulso no fim e ainda viu Navas defender um pênalti nos minutos finais. O craque português ainda cumprirá mais três jogos de suspensão.
BAILE NO PRIMEIRO TEMPO
Andone chegou a assustar os atuais campeões. Obrigou Navas a fazer duas boas defesas nos 10 primeiros minutos. Mas foi só. O Deportivo foi presa fácil para o poder de envolvimento dos merengues. Aos 19 minutos, Marcelo, sempre muito acionado na esquerda, cruzou, Modric chutou rasteiro e, após rebote para Benzema, Bale pegou sobra e balançou as redes. Pouco depois, aos 26, um gol com a alma do atual time do Real Madrid. Foram 44 trocas de passes em quase dois minutos ininterruptos. Até Marcelo - sempre ele - receber na esquerda, cruzar rasteiro, e Casemiro empurrar para o gol: 2 a 0.
VITÓRIA TRANQUILA NO SEGUNDO TEMPO
A segunda etapa foi protocolar. O Real Madrid diminuiu o ritmo, mas não se arriscou. O Deportivo não teve poder de reação. Seguiu limitado às raras oportunidades nos pés de Andone. Aos 10 minutos, o belga Bakkali, único a tentar algo com sua velocidade no ataque, deixou o campo com dores, e a equipe da casa ficou ainda mais inoperante. Pouco depois, Kroos recebeu bola de Bale da esquerda e acertou belo chute para fazer o terceiro do Real: 3 a 0. Os donos da casa tiveram a oportunidade para diminuir o placar, aos 43 minutos, em cobrança de pênalti de Andone. Mas Navas fez linda defesa. O dia só não terminou perfeito para o Real porque, nos acréscimos, o capitão Sergio Ramos recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.
A ROTINA DA LIDERANÇA
O atual campeão espanhol começa o torneio na ponta. O Real Madrid foi a única equipe a vencer por três gols de diferença até agora e é líder isolado do Campeonato Espanhol. Os merengues voltam a campo no próximo domingo, às 17h15, no Santiago Bernabéu. O Deportivo La Coruña, lanterna até o momento, encara o Levante no próximo sábado, fora de casa. Confira a tabela completa!

RECORDE NEGATIVO
Sergio Ramos foi um dos protagonistas do jogo. O capitão do Real Madrid se envolveu em confusão com o zagueiro Schär, do Deportivo, e o empurrou com a mão na cara do rival (veja foto). O árbitro apenas deu amarelo para ambos. Mas Ramos não escapou da expulsão. Nos acréscimos, ele deixou o cotovelo em disputa de bola com Borja Valle e levou o segundo amarelo. Foi expulso pela 18ª vez na história do Campeonato Espanhol, o que o faz, segundo Opta, um dos três jogadores com mais expulsões na história do torneio, ao lado Pablo Alfaro e Xavi Aguado.
NAVAS EM ALTA
Navas talvez seja o jogador mais questionado do multicampeão Real Madrid de Zidane. Convive sempre com as especulações sobre a possível chegada de outros goleiros, com o De Gea. Mas o costarriquenho estreou muito bem no Campeonato Espanhol. Fez, pelo menos, três grandes defesas diante do Deportivo La Coruña e pegou um pênalti cobrado por Andone. Ganhou confiaça para o restante da temporada.

EM DIA DE HOMENAGENS, MESSI PARA TRÊS VEZES NA TRAVE, MAS LIDERA BARÇA EM VITÓRIA

Neymar já brilha com a camisa do PSG, Suárez está lesionado... Mais do que nunca, o Barcelona foi Futebol Clube Messi. Mas, por alguma dessas ironias, os catalães conseguiram vencer na abertura do Campeonato Espanhol sem que o nome do craque argentino aparecesse no placar. Ele bem que tentou, acertou três vezes a trave, passou a centímetros da bola no gol contra de Tosca e viu Sergi Roberto marcar. Saiu feliz com os 2 a 0 sobre o Betis, numa tarde de homenagem às vítimas do atentado terrorista da última quinta-feira na cidade.
Nas camisas dos jogadores não havia identificação. Um exercício para quem já não reconhece qualquer um que veste o manto do Barcelona, mas acima de tudo uma homenagem a quem perdeu vidas no atentado - foram 14 mortos e mais de 130 feridos em razão do atropelamento em massa nas Ramblas. Antes de a bola rolar, os dois times se misturaram para uma foto junto da placa "Todos somos Barcelona". Também houve um minuto de silêncio.
90 MINUTOS

A escalação poderia indicar alguma dificuldade extra ao Barcelona. Suárez, lesionado diante do Real Madrid, será desfalque por um mês, e Paulinho, reforço apresentado na quinta-feira, deixavam o time titular mais enfraquecido. Mas lá estava Messi. O craque argentino foi um líder, chamando o jogo a todo o momento e conduzindo o Barça à vitória já no primeiro tempo. Aos 36, ele abriu para Deulofeu, que devolveu em cruzamento rasteiro. Tosca chegou antes na bola e fez contra. Três minutos depois foi a vez de Sergi Roberto aproveitar a jogada de Deulofeu na ponta-direita e dar números finais.
PEDIU MÚSICA

Faltaram centímetros - e alguma dose de sorte para que Messi deixasse o seu neste domingo. Das 10 finalizações, três pararam na trave, uma em cobrança de falta, e outras duas em chutes de fora da área. Ainda assim, é seguro dizer que foi o melhor em campo por tudo o que produziu num Barcelona que aguarda ansiosamente por reforços para competir com o Real Madrid.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

LAZER E AÇÃO DE CIDADANIA MARCA O DIA DOS PAIS EM GUAMARÉ

Um domingo de cidadania. Esse foi o sentimento de centenas de famílias que prestigiaram a programação da Prefeitura de Guamaré, no Dia dos Pais na orla de Aratuá e usufruíram dos serviços de saúde, educação e assistência social e ainda participaram de dois grandes momentos, o 3º Torneio Pai e Filho Campeões e o Festival de Prêmios.

A data comemorativa já faz parte do calendário anual de eventos da Secretaria de Esportes, que contou mais uma vez com apoio de toda a estrutura do governo, para realizar uma grandiosa festa, bastante elogiada pela população. Toda a programação teve a participação de pais e alunos de mais de 20 escolas da rede pública e privada no município.

Música e festa para as crianças